O CRJ participou da formação de várias gerações. Alguns ex-alunos não estão mais entre nós, outros estão distantes, mas muitos vemos com freqüência, especialmente através dos meios de comunicação, pois têm papel de destaque nas suas áreas de atuação, sobretudo nas artes e nos esportes, que contam com cobertura constante da mídia.

Vários deles iniciaram o exercício de seu talento no próprio Colégio, nos festivais de música, nos concursos literários, nos campeonatos esportivos, nos concursos de desenho etc, todas atividades realizadas pelo CRJ visando a formação integral de seus alunos.

Por exemplo, poderíamos citar, na música, José Renato e Cláudio Nucci, Jards Macalé, Eliana Pitman, o maestro John Luciano Neschling, Edir de Castro (Frenética), Cláudio Vieira (baterista), Evandro Mesquita, os pianistas Luizinho Eça e Nelson Pinto Freire, Ruy Mauriti, Nestor de Holanda Cavalcanti, George Israel, Paulo Moska e Antônio Carlos Brasileiro Jobim, o Tom Jobim.

No teatro, cinema e novelas, Cristiane Torloni, Guilherme Karan, Regina Casé, Cláudia Magno, Eliana Ovalle, Lúcia Veríssimo, Othon Bastos, Pedrinho Aguinaga, Zaira Zambelli, Cristiana Oliveira, Malu Mader e Flávio Silvino e Rogério Fa.

"Eu era feliz e não sabia. Foi no Colégio Rio de Janeiro que comecei o teatro amador e escolhi a carreira que seguiria por toda a vida." Guilherme Karan (Estudou entre 1969 e 1975).

Na matemática, Oswaldo José Levy de Souza. Entre os grandes empresários, Humberto Saad e Walter Clark. No direito, André Cortes Vieira Lopes.

"O convívio com tantos amigos e professores contribuiu para tecer ideais de luta e de sonhos que começaram a se concretizar com boa base, primeiramente, para alcançar a faculdade de Direito da PUC, onde me formei, e, após, a conquista de um lugar na disputada Escola de Magistratura do Rio de Janeiro. Hoje, vejo que nada teria conseguido sem o apoio, a dedicação e os bons ensinamentos dos meus professores desses tempos, que agora recordo com tantas saudades. Torço para que algum dia meus filhos também possam desfrutar de parcela deste sonho, que teve certamente seu início no inesquecível Colégio Rio de Janeiro." Dr. André Cortes Vieira Lopes, Juiz de Direito.

Nas artes plásticas, os pintores Carlos Reis Fontes, Carlos Augusto Vergara dos Santos, Flory Cortes de Menezes e Sérgio Campos Mello, o decorador Carlos Roberto Jatobá, para citar alguns.

No jornalismo, Pedro Bial, Sérgio Fonta Cruz e Hildegard Angel. Na programação infantil, Daniel Azulay.

Nos esportes, Rômulo Arantes, Paula Amorim, Pedro Paulo Lopes, o Pepê, os técnicos Enio de Figueiredo Silva e Jorge Barros de Araújo, Carlos Eduardo Albano Feitosa, Inaldo Manta e a jogadora Isabel, entre outros.

Esses todos, por suas áreas de atuação mais públicas, são mais conhecidos. Mas se incluem, nesta grande comunidade de ex-alunos, renomados médicos, psicólogos, engenheiros, contadores, advogados, professores, economistas, comerciantes, arquitetos, enfim, profissionais de todas as áreas.

Importante, também, é o que representamos para as famílias de ex-alunos.


"O Colégio Rio de Janeiro representa o passado, o presente e o futuro para minha família. Lá eu e meus filhos tivemos a base para a construção de um futuro feliz."

Beth Santoro de Lima - Arquiteta - Ex-aluna e mãe de três ex-alunos do CRJ.

"O Rio de Janeiro oferece algo além do ensino. As crianças se sentem queridas se apegam e acabam criando um vínculo muito grande com o colégio."


Sônia Godoy - Psicóloga - Mãe de cinco ex-alunos que estudaram no CRJ por dez anos.